Tecnologia portuguesa vai integrar aviões da Airbus

Fonte: Boas Notícias

A Active Space Technologies nasceu em 2004 fruto do desejo de dois colegas em aplicar aquilo que aprenderam num estágio na Agência Espacial Europeia. Desde então, Ricardo Patrício e Bruno Carvalho já desenvolveram inúmeros projetos, um dos quais vai agora ser incorporado em aviões da Airbus.

Os sistemas Greenwake e Delicat, desenvolvidos numa parceria entre várias empresas, têm duas funções essenciais, explica ao Boas Notícias o CTO da Active Space Technologies, Ricardo Patrício: por um lado, permitem “reduzir os tempos de descolagem dos aviões” e, por outro, “diminuir a turbulência” sentida pelos passageiros e tripulação, aumentando assim a segurança.

Sediada em Coimbra, a empresa ficou, de acordo com o engenheiro português, responsável “por todo o desenvolvimento mecânico destes sistemas” incluídos num projeto que tem a fabricante de aviões Airbus como parceira. O projeto já está na fase final e os testes vão começar, em breve, no aeroporto de Charleroi, na Bélgica.

Sistema pode ajudar a diminuir a sobrelotação aeroportuária

“Se estivermos a trabalhar na plataforma do aeroporto”, explica Ricardo Patrício, “podemos determinar se existem ou não vórtices, ou seja, turbulência em cima da pista” – deixada após a descolagem de um avião – e, dessa forma, “minimizar os tempos entre descolagens de aviões”. Este avanço pode ser importante no caso de “plataformas aeroportuárias muito sobrelotadas”, como é o caso do aeroporto da Portela.