Tem uma startup e precisa de uma assistente pessoal?

E se tivesse alguém que agendasse reuniões, encomendasse serviços, procurasse escritórios, reservasse viagens ou mesas em restaurantes?

Por vezes a quantidade de tarefas agendadas pode ser complicado de gerir, uma assistente virtual pode se transformar numa ajuda preciosa.

Filipe Moreira criou o serviço da Uask4.me, com o objetivo de facilitar a vida aos fazedores que não querem perder tempo em tarefas como agendar reuniões, encomendar serviços, procurar um novo escritório ou reservar uma viagem de negócios ou uma mesa para almoçar. A principal ideia é ajudar startups e os seus fundadores a reduzir o tempo que gastam em tarefas que podem ser resolvidas por assistentes virtuais, através de SMS’s gratuitas ou via Whatsapp.

Este serviço liga os empreendedores e as suas equipas aos assistentes virtuais, através de uma SMS, o contacto entre ambos é desta forma curto, rápido e objetivo mas não deixa de parte o fator humano.

Por enquanto, para aderir ao Uask4.me, pode-se optar por três pacotes mensais distintos. O primeiro custa 29 euros e dá acesso a uma assistente virtual disponível das 9h às 18h para 10 tarefas por mês, com respostas no próprio dia. Por 55 euros mensais, o número de tarefas sobe para 20 e por 129 euros sobe para 50 tarefas. Em qualquer um dos casos, qualquer membro da equipa pode utilizar o serviço. Mais informação aqui.

Fontes: Dinheiro Vivo | Observador

Finalistas do MBA Awards 2015 são líderes de uma startup portuguesa

Awards-Banner--ALL 535.jpg

Luís Martins e Kiruba Eswaran, líderes da startup portuguesa Zaask, estão entre os finalistas dos MBA Awards 2015, este prémio ambiciona destacar o melhor projeto empreendedor do mundo que tenha saído de um mestrado em administração de negócios (MBA). Luís Martins, CEO, e Kiruba Eswaran, director de marketing estão entre os finalistas graças ao seu projeto Zaask, uma plataforma criada para facilitar o processo de contratação de serviços locais que garantiu um lugar na categoria MBA Entrepreneurial Venture Award.

Os MBA Awards visam reconhecer o talento e as contribuições feitas pelas escolas e pelos seus alunos, nos MBA e na comunidade em geral, premiando o que de melhor se faz nas escolas de negócios de todo o mundo, na vanguarda em liderança.

A Zaask supero os mais de oito mil profissionais ativos e cria uma ligação entre os seus clientes e quatro profissionais avaliados, para que sejam apresentados e posteriormente o cliente consiga escolher o que melhor se enquadra nas suas necessidades.

A Zaask faturou em torno de dez milhões de euros em 2014 e as estimativas apontam para que a faturação da empresa supere os 25 milhões de euros este ano.

Esta startup nasceu no “The Lisbon MBA“, na altura em que conheceu o atual diretor de marketing da Zaask. “Ambos percebemos que tínhamos uma visão e objetivos similares a nível profissional: queríamos abrir a nossa empresa. Uma experiência profissional e o pouco tempo disponível fizeram-nos perceber que existia uma lacuna no mercado no que diz respeito a contratar serviços locais, e foi a partir desta necessidade que surgiu o conceito da Zaask, uma empresa criada de raiz e baseada numa plataforma única de que muito nos orgulhamos”.

Fonte: Jornal de Negócios

img_890x500$2015_11_24_13_21_39_269066

Uma Nação inovadora!

2015-07-23-Nacao-Inovadora

O que têm em comum Ana Patrícia Ferraz, Gonçalo Fortes e Miguel Neiva? Foram os perfis mais votados pelo público para o Prémio Nação Inovadora, promovido pela Audi e SIC Notícias.

Ana Patrícia Ferraz apresentou o protótipo de um sistema para a determinação de testes pré-transfusionais de sangue, que desempenha um papel essencial nas situações de emergência médica, Gonçalo Fortes fundou o software Prodsmart que permite aumentar a produtividade dos trabalhadores ao disponibilizar-lhes equipamentos móveis para cada passo das linhas de manufatura, e Miguel Neiva criou o Color Add, um sistema de leituras de cores pensado para daltónicos e com potencial para mudar a vida dos que sofrem desta condição.

Estes três perfis, considerados os mais inovadores, vão o grande prémio de 10 mil euros. Brevemente será anunciado o grande vencedor, cabendo a escolha ao júri, composto por dois representantes da SIC Notícias e da Audi e pelos cinco embaixadores: Barbara Coutinho, diretora do Mude; Joana Vasconcelos, artista plástica; Miguel Pina Martins, CEO da Cience4You; Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova e Rosália Vargas, CEO da Ciência Viva.

Durante dois meses foram reveladas as histórias de 25 talentos nacionais nomeados para o Prémio Nação Inovadora, todas contadas e divulgadas na SIC Notícias e no site, onde o público foi convidado a votar no seu preferido.

18678163_vJEro

Fonte: Dinheiro Vivo