Lava-loiça ecológico separa gordura para produzir biodiesel

Fonte: Diário de Notícias

Investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) estão a desenvolver uma caixa ecológica que permitirá separar a gordura acumulada no lava-loiça e armazená-la para a produção de biodiesel.

O “GreenBox” é um dos projectos que vai estar em destaque no Dia da Inovação, que a UTAD promove na quarta-feira, em Vila Real, para divulgar a investigação que se desenvolve na academia transmontana.

Coordenado pelo professor e investigador João Barroso, o projecto visa a criação de uma caixa que fará a separação da gordura que fica na água da lavagem da loiça, resíduos que são “altamente poluentes” e “criam problemas gravíssimos nas estações de tratamento de águas residuais”.

“A Greenbox é colocada debaixo da pia e o objectivo é que a água saia para o sistema de saneamento e a gordura fique acumulada”, explicou o responsável.

A ideia é que esta gordura seja também recolhida “em tempo útil” para que possa ser aproveitada para a produção de biodiesel.

Nesta fase, a caixa está a ser criada para restaurantes e unidades hoteleiras, mas, segundo o responsável, mais tarde deverá ser também aproveitada ao nível dos condomínios dos edifícios.

Anúncios

Portugal Inovador: Investigadores portugueses testam ‘pijama curativo’

Fonte: Expresso

A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUO) vai iniciar um projeto pioneiro, intitulado “2nd Dermis” (segunda pele), na cura da dermatite atópica, uma doença de pele inflamatória associada a alergias e de predisposição familiar.

Após uma primeira fase de testes em laboratório, o ensaio clínico vai começar a ser feito em pacientes com mais de 12 anos, a partir de 18 de novembro, dia em que a FMUP promove uma reunião científica sobre a dermatite atópica.

Nesta fase da investigação irão ser sujeitos ao novo tratamento 200 doentes, que durante a noite utilizarão um pijama especial – camisola interior e leggings – impregnado de um componente antimicrobiano e cicatrizante, que mantém as suas caraterísticas terapêuticas mesmo após 30 lavagens.

Segundo Cristina Lopes, responsável pelo estudo, a inclusão no projeto não implica a toma de qualquer medicamento nem exigirá deslocações ao hospital, sendo os doentes avaliados apenas no início e no fim do estudo.

Portugal Inovador: Cerveja 100% natural

Fonte: Diário Digital

Dois investigadores da Universidade do Minho (UM) apostaram na criação de cerveja «100 por cento natural e artesanal», um produto que em breve passarão a produzir e a servir no restaurante que vão abrir «muito perto de Braga».

«É um conceito inovador em Portugal, que acreditamos que tem viabilidade. No próprio restaurante teremos uma mini-fábrica de cerveja, 100 por cento natural, feita exclusivamente com cereais de produção biológica. E é essa mesma cerveja que será servida ao cliente», disse, à Lusa, um dos investigadores.

Francisco Pereira explicou que a cerveja «não é filtrada, ou seja, contém a própria levedura, sendo assim uma fonte de sais minerais, vitaminas e compostos para regulação do nosso organismo»