MUB Cargo recebe ronda de investimento

mubcargo

A MUB cargo, plataforma portuguesa que conecta pessoas que precisam de transportar mercadorias com transportadores, está a fechar uma ronda de investimento seed com o objetivo de consolidar a marca e avançar para a internacionalização.

Esta ronda de investimento, liderada pela BrainCapital, deverá ultrapassar os 300 mil euros.

Incubada na Startup Braga, a plataforma começou a operar em novembro do ano passado com uma versão iOS. Neste momento, conta também com uma app Android e versão web, assim como com mais de 300 transportadores a nível nacional aos quais os utilizadores da solução podem solicitar orçamentos.

O lançamento de novas línguas (Inglês, Francês e Espanhol) e o estabelecimento de parcerias com empresas fora de Portugal permitirá, em breve, o lançamento da MUB cargo em novos mercados, dando início à sua internacionalização.

Fonte: B!t magazine

Anúncios

O primeiro acelerador de startups de nanotecnologia em Portugal

Startup Nano, é o nome deste primeiro acelerador de startups de nanotecnologia, foi pensado em conjunto pelo Laboratório Ibérico de Nanotecnologia (INL) e o Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CeNTI), com o apoio da Startup Braga e a Universidade do Minho. Arrancou com quatro startups – Easy Biopsy, Go Clean, Best Health and Graphenest.

Estas quatro startups  recebem desde a ideia até à concretização do negócio para o mercado global, acesso a laboratórios e equipas especializadas em nanotecnologia e é no INL onde se fixam: uma infraestrutura internacional singular em nanotecnologia construída em Braga, pelos Governos de Portugal e Espanha.

Este primeiro acelerador, focado em nanotecnologia, consiste numa primeira fase – Launchpad –  que estará reservada à apresentação das ideias, para validação quer da tecnologia, quer do potencial de mercado. E só depois as equipas entram no programa de aceleração para desenvolver o produto e entrar no mercado. Durante quatro meses intensivos, as startups usam os apoios do programa para desenvolver o produtos e o negócio, com o apoio de mentores e especialistas nacionais e internacionais, antes de se juntarem a programas de imersão nos EUA e Reino Unido.

startup_nano

Fonte: Jornal Económico

CRIAM e Findster representam Portugal em Las Vegas

ces

As startups CRIAM e Findster, duas startups de “hardware” finalistas dos programas de aceleração da Startup de Braga, vão estar a representar Portugal na maior feira tecnológica do mundo, a CES Las Vegas.

A CRIAM, na área da saúde, desenvolveu um dispositivo médico inovador que possibilita a deteção do tipo de sangue e de doenças, de uma forma automática, rápida e portátil. Foi, após a participação no 3º programa de aceleração da Startup de Braga em 2016, a segunda startup portuguesa a ser selecionada pela HAX, a maior aceleradora mundial de hardware.

A Findster, foi a primeira startup portuguesa a se juntar à HAX, participou no primeiro programa de Aceleração da Startup Braga, tendo lançado o seu dispositivo de localização de crianças na plataforma de crowdfunding Indiegogo.

A participação da Criam e da Findster no HAX abriu as portas das duas startups do Norte à CES (International Consumer Electronics Show), que arrancou dia 3 e decorre até dia 8 de janeiro de 2017, em Las Vegas.

Saiba mais aqui.

Startups portuguesas finalistas em Silicon Valley

Magikbee e Performetric, estão entre os finalistas da World Cup Tech Challenge, competição mundial que decorre a 1 de junho em Silicon Valley. As startups portuguesas estão presentes no evento com projetos que foram considerados pela organização sem fins lucrativos, Silicon Valley Forum, pertencentes à próxima geração de empresas tecnológicas emergentes.

As duas startups, integradas na Startup Braga, além dos seus projetos estarem na competição vão contar com investidores de capital de risco da cidade, administradores de várias empresas e órgãos de comunicação social.

Magikbee, desenvolveu uma tecnologia interativa que combina brinquedos tradicionais com as novas tecnologias, brinquedos de madeira que interagem com o iPad sem precisar de contacto físico.

Performetric, desenvolveu um sistema de monitorização de fadiga mental, o objetivo principal é melhorar a qualidade de vida e o desempenho individual dos seus utilizadores. Em contexto empresarial, pretende melhorar a eficácia dos colaboradores.

WOrldCup.jpg

Fonte: Observador